Seminário mostra como identificar o assédio moral no trabalho

Educadores apresentam a rede de atendimento em Seminário de Aprendizagem Profissional
4 de julho de 2019
Jovens narram descobertas a partir da leitura
19 de julho de 2019
Exibir tudo

No dia 30 de abril, 11 turmas das Unidades Projeto Pescar  AGCO Canoas, Agibank, Ambientaly, Banrisul, Agibank, Carlos Eduardo Secco, Comunidade Jurídico Trabalhista – ESA e TRT, Instituto Lojas Renner, Top Car e Motul Corazón, Unicred Porto Alegre, Consórcio Santa Teresinha participaram do Seminário Assédio Moral no trabalho.

O evento foi promovido pela Fundação Projeto Pescar e Ministério Público do Trabalho, com o apoio do TRT4, OAB/RS, Caixa dos Advogado da OAB/RS e OAB/RS -ESA e parceria com a Fundação Themis. A advogada, membro da THEMIS (Gênero, Justiça e Direitos Humanos), Luana Pereira da Costa, falou a respeito da importância de os jovens saberem identificar se forem vítimas de algum tipo de assédio em seu ambiente de trabalho: “O assédio tem consequências psicológicas muito pesadas para quem sofre, e, em muitos casos, a pessoa não sabe identificar que está sendo vítima, acabando por apenas se demitir de seu emprego. É importante que os jovens saibam que não precisam pedir demissão, pois se trata de um erro do empregador, e existem direitos que garantem sua integridade física e psíquica no ambiente de trabalho”, afirmou Luana. Mais informações