Projeto Pescar mantém a sua essência em tempos de pandemia - Projeto Pescar

Projeto Pescar mantém a sua essência em tempos de pandemia

Makro do Brasil certifica 2ª turma do Projeto Pescar
15 de julho de 2020
Atividades remotas com “conexão”
21 de julho de 2020
Exibir tudo

Jornal A Comarca

        Há cinco meses em atividades remotas, a Fundação Projeto Pescar, seus parceiros e apoiadores, vêm atuando fortemente para garantir o atendimento aos adolescentes e jovens, em cada uma das Unidades e nas diferentes localidades. As estratégias pedagógicas, as ferramentas e as formas de contato têm sido as mais variadas, mapeando os diferentes cenários, para proporcionar o desenvolvimento pessoal e a cidadania.    
        Neste mês, o jornal “A COMARCA” fez uma reportagem com o mesmo título desta matéria, destacando as atividades remotas realizadas nas Unidades Citrosuco nos municípios de Matão, Catanduva e Iaras, em São Paulo. Um empenho que se vê em toda a Rede Pescar. Acesse o conteúdo na íntegra aqui       

O esforço e a dedicação de todos os envolvidos na formação, para estabelecer contato com as turmas e o fortalecimento de vínculos com o público atendido são percebidos pelos jovens e suas famílias. O adolescente Carlos Henrique Bernardes tem realizado as atividades do Projeto Pescar em sua casa, por motivo de segurança: “Muitos podem afirmar que não estou aprendendo nada ou que o formato usado pode trazer péssimos resultados de aprendizagem”, coloca. “Mas a realidade é que estou aprendendo muito e levarei esta experiência incrível para a minha vida. Agradeço imensamente a todos os envolvidos, pois participar do Projeto Pescar tem sido de extrema importância sobre como eu irei me conduzir daqui pra frente, assim como os meus relacionamentos pessoais e profissionais”, resume Carlos.